Cotação Euro Turismo - Etapas para Efetividade | Focco Turismo

Cotação Euro Turismo – Etapas para Efetividade

Uma coisa é certa em operações cambiais: antes de traçar qualquer estratégia de negócio, é primordial compreender qual é o funcionamento da taxa de câmbio para a cotação do euro turismo e euro comercial. Mas, por que? Pois esse conhecimento poderá fazer toda diferença para se chegar em uma margem razoável de negociação e escolha por uma instituição que realmente pratique preços justos.

Para compreendermos, o euro comercial se foca na taxa registrada no balanço de pagamentos e recebimentos de recursos oriundos de importações ou exportações de bens e serviços. Com isso, a cotação do euro turismo se baseia no câmbio comercial e, sobre ele, são praticados os famosos spreads (custos administrativos) e impostos, determinando o valor de operações de compra e venda de euros que envolvam principalmente operações em papel moeda, incluindo custos de segurança e burocracia para sua obtenção.

De olho no spread praticado

Ao compreender o funcionamento da taxa de câmbio, logo se torna fundamental comparar os preços praticados através do spread, pois, além de conter a taxa de conveniência do serviço prestado, incluindo-se desde estrutura até delivery, esse valor deve ser proporcional aos custos que circundam a obtenção de moeda, desde adequação legislativa, carro forte, segurança e outros.

O problema é que não há um valor fixo acordado para a prática do spread, o que torna necessário a busca por uma instituição financeira que consiga oferecer um custo-benefício vantajoso nessa margem de negociação. O que isso significa? Significa que é preciso não só alcançar uma cotação baixa na operação, mas também encontrar profissionais que possam oferecer soluções qualificadas, eficientes, com pouca burocracia e que pratiquem um preço justo na compra do euro.

Como encontrar uma instituição adequada para minha demanda?

Sabemos que a variação da taxa de câmbio é um fator preocupante que atrapalha na hora de escolher uma boa instituição financeira. Porém, alguns passos são fundamentais para praticar uma boa seleção:

1 – Avalie o histórico de variação da moeda, se possível, por um tempo razoável de 6 meses. Diversos sites e portais informam diariamente a cotação do euro, como o site do Banco Central do Brasil, que apresenta inclusive boletins com o valor médio de um determinado período da moeda.

Com isso, e o conhecimento das taxas praticadas e os custos inseridos, já é possível realizar testes com o ranking do VET (Valor Efetivo Total), que irá lhe mostrar qual o custo total da operação, avaliando não só taxa de câmbio como tributos sobre a operação, como demais custos e comissionamentos envolvidos.

2 – Avalie a economia do Brasil, ficando atento ao contexto e previsões financeiras que podem alterar a realidade político econômica trazendo alterações drásticas ao preço da moeda.

3 – Fique de olho também com a conjuntura político-econômica internacional, principalmente em detalhes da relação comercial entre os países mais representativos do mundo como Alemanha, Inglaterra, EUA, Suíça e outros. Afinal, qualquer alteração fiscal, social ou econômica pode influenciar na demanda e oferta das principais moedas estrangeiras no Brasil.

4 – Tente fracionar sua compra, aproveitando os ciclos que acompanham a baixa da cotação do euro. Por que? Pois essa é a estratégia mais racional para garantir uma taxa média de valor, mitigando riscos e concretizando um planejamento mais sólido para sua compra.

Existe, claro, a opção de remessas internacionais. Caso você tenha alguém que possa recepcionar valores em outros países, é fundamental que realize suas operações com instituições que ofereçam taxas atrativas sem perder de vista a segurança na operação e, principalmente, um atendimento personalizado que possa manter um canal efetivo de comunicação.

O objetivo é ter um planejamento detalhado da sua operação para poder pactuar a melhor taxa possível com o agente autorizado. Ao saber qual é a sua demanda e os preços praticados, mais fácil ficará optar pela instituição que mais de enquadra em sua demanda cambial.

Conte sempre com uma casa de câmbio com experiência e atualizada no mercado

A Focco Turismo conta com um grupo de executivos de contas experientes e preparados para te ajudar em todas as etapas do seu processo. Priorizamos e investimos o máximo em segurança, transparência e agilidade, auxiliando clientes em serviços de compra, venda, remessas internacionais, seguro viagem, aquisição de cartões internacionais e no planejamento e elaboração de viagens, desde receptivos, passeios até aquisição de tickets de parques, ingressos e muito mais.

Buscamos os processos mais modernos e inovadores que possam proporcionar aos nossos clientes as menores taxas, menos burocracia, mais eficiência e um atendimento totalmente personalizado. Quer uma ajuda na cotação do euro turismo? Preencha o formulário abaixo ou entre em contato com um de nossos especialistas agora mesmo. Podemos te ajudar!

Dólar Americano (USD):
Consulte
EURO (EUR):
Consulte
Libra Esterlina (GBP):
Consulte
Dólar Australiano (AUD):
Consulte
Dólar Canadense (CAD):
4.1271
Franco Suiço (CHF):
Consulte
Fale com um consultor agora!